Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Dar a vida pela missão

por Sara, em 01.11.15

Na próxima semana a minha madrinha de Crisma parte para a República Centro-Africana, já pela terceira vez, com o intuito de ser missionária. De levar alegria, carinho, conhecimento. Vai feliz e volta feliz, cheia de vontade de ajudar todos aqueles com que se depare.

A realidade num país como este não é igual à nossa. Não é sequer parecida. Ela diz-nos muitas vezes que um dia lá faria qualquer europeu mudar a sua perspetiva de vida. Mas ela vai, sem medo. Os dias são difíceis, mas ela decide regressar. E se lhe acontecer alguma coisa, ela diz que terá todo o gosto em dar a vida pelos outros e pela missão.

 

Não foi fácil. Há alguns membros da minha família que não querem que ela lá volte. Que querem que ela fique em segurança, com eles. Mas ela ousa ir mais além e trespassar a sua zona de conforto.

Vão ser 2 longos anos sem ela. É estranho pensar que quando ela regressar, já vou estar na universidade. Que há primos meus que podem já estar casados ou com filhos. Que não a vou ver nos almoços de família nem ouvir os seus conselhos sobre a vida e a fé. Mas sei que, quando ela voltar, vem com os olhos a brilhar e com o coração cheio. E entretanto, tenho a certeza que os seus pensamentos estarão sempre direcionados para nós e que as suas cartas irão chegar, como já é habitual.

Se antes tinha dúvidas, hoje sei que não há ninguém no mundo que eu pudesse ter escolhido como madrinha para além dela.

Afinal, existe algum exemplo melhor do que este?

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 14:47


21 comentários

De V. a 01.11.2015 às 15:44


Obrigada! :)
Um texto querido para um menino duplamente querida. :)

Comentar post




Links

Blog de moda

Social Media


Pesquisar

Pesquisar no Blog