Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Quem disse que as supermulheres não existem?

por Sara, em 07.09.16

 

E aqui estou. Na sala de espera da Fundação Champalimaud.

 

A operação foi hoje de manhã e correu tudo bem. Tive a oportunidade de falar com ela ainda agora, no quarto onde se encontra a recuperar. Falar, mais do que ouvir, visto que o efeito da anestesia ainda se fez sentir. Ainda muito débil, cansou-se de murmurar perguntas sobre se tinha tomado o medicamento x, se tinha encontrado a minha pen e se tinha tratado da logística dos próximos dias. Ainda muito débil, foi capaz de se preocupar mais com as minhas míseras questões do que com a sua própria dor, acabando por me sossegar e dizendo que estaria completamente recuperada muito em breve. Pela segunda vez, um verdadeiro exemplo de esperança e persistência.

 

Amo-te, mãe.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:39


1 comentário

De Joana Freitas a 07.09.2016 às 23:08

As mães são mesmo assim... A minha mãe, mesmo depois da operação que fez para retirar o tumor, só se preocupava comigo e com a minha irmã. As mulheres são os seres mais lindos do mundo :) Muita força para ti e para a tua mamã!

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.




Links

Blog de moda

Social Media


Pesquisar

Pesquisar no Blog